Aviso aos navegantes deste blog

Prezados amigos, estive internado em hospital,em caráter de emergência,entre 04 de julho e 26 de julho de 2010.Durante esse período,fiquei impossibilitado de atualizar este tão querido blog. Além do mais,ao regressar à minha residência constatei que o meu PC também não estava funcionando a contento.Somente depois de sanados todos os problemas do computador, poderei ler as inúmeras mensagens recebidas e respondê-las.Meu estado de saúde melhora a todo momento, mas permaneço sendo submetido a hemodiálise , às 3as, 5as e sábados, por períodos de 4 horas.Procurarei mantê-los informados. Ótimas Notícias: 1.Depois de longo período inativo, nosso computador já está recuperado!!! 2.Apesar desse longo período de inatividade, o blog www.esperantoforadatoca.blogspot.com foi incluído no rol dos concorrentes que estão participando do concurso TopBlog2010,na categoria COMUNICAÇÃO( pessoal). Detalhe: na lista, em ordem alfabética, dos selecionados,procurar dentre os que começam com as letras "www". Prazo para votação :O período de votação do SEGUNDO TURNO pelo Júri Popular (Internauta) e avaliação pelo Júri Acadêmico é do dia 10/10/2010, às 02:00am até 10/11/2010, às 11:55pm horário de Brasília. Abraços do amigo de sempre Fernando J G Marinho

sábado, 25 de abril de 2009

GENIAL SOLUÇÃO DE CRIATIVO IDEALISTA

Fernando J G Marinho

A história que vamos lhes contar foi inspirada em texto que recebi de uma amiga esperantista (Koran dankon, mia kara poetino Neide Barros Rêgo!).

Originalmente, o tema estava relacionado a uma prova a que foram submetidos candidatos à uma vaga oferecida por determinada empresa. Feitas as devidas adaptações, surge a " Genial solução de criativo idealista" :

Trânsito congestionado. Coletivos lotados. Táxis- como sempre acontece em dias de temporais - escondidos em lugares inimagináveis. Sob pequena marquise próxima à uma parada de ônibus, três personagens: D.Maria , senhora idosa de aparência frágil, bastante trêmula, ardendo em febre; Dr. Paulo , um médico preocupado com a impossibilidade de deslocar-se até sua própria clínica, a fim de cumprir compromissos de rotina para com os pacientes que provavelmente o aguardavam. E, por último, a professora Neuza, Diretora de um estabelecimento de ensino do bairro.

Avançando poucos metros por minuto, devido ao congestionamento do trânsito, aproxima-se da marquise dirigindo o seu pequeno automóvel nosso quarto personagem, o jovem idealista Ronaldo. O banco traseiro do carro estava repleto de mercadorias diversas. No entanto, havia ainda no banco do "co-piloto" uma vaga disponível para eventual carona. Problema: a quem oferecer a citada vaga? À D. Maria, que estava visivelmente doente? Ao Dr. Paulo, que por coincidência, em passado recente havia salvado a vida do jovem Ronaldo, vítima de uma acidente automobilístico? Ou à Diretora Neuza, pessoa com quem nosso jovem tinha o maior interesse em estabelecer contato, na expectativa de fazer com que ela viesse a se empolgar com o projeto de caráter educacional que ele pretendia pôr em prática?

Acreditamos que a maioria das pessoas, diante do problema exposto, optaria por oferecer carona à D. Maria. Questão humanitária, é claro! Uns tantos, colocando a gratidão como uma das virtudes que merece ser valorizada pelo ser humano, optariam por ceder a vaga ao Dr. Paulo. Além do mais, pela sua condição de médico e pelos clientes que o estariam esperando, nada mais justo do que procurar ajudá-lo naquela situação. É muito provável que pouquíssimos leitores optassem por atender às necessidades da Prof. Neuza .Talvez ela até estivesse de férias, naquele período do ano. Quanto ao projeto do Ronaldo, certamente, outras oportunidades surgiriam...

Mas, qual teria sido a genial solução encontrada pelo idealista Ronaldo? Ei-la:

"- Dr. Paulo, pela segunda vez vou precisar dos seus préstimos. Por favor, tome aqui a chave do meu carro. Peço que o senhor conduza essa senhora (D.Maria) até a sua clínica e lhe dê o atendimento que julgar necessário. Aproveite a oportunidade para atender, também, os casos mais urgentes que estiverem dependendo da sua presença no consultório. Enquanto isso, ficarei aqui fazendo companhia à Prof. Neuza e trocando idéias sobre um projeto educacional que gostaria de ver implantado no estabelecimento de ensino que ela dirige."

Nossa história poderia terminar neste ponto. Ficou mais do que evidente a importância da criatividade na solução de problemas. Tentar buscar soluções fora dos padrões normais é sempre um exercício recomendável. Mas, já que o amigo leitor teve a curiosidade de nos acompanhar até aqui, porque não convidá-lo a informar-se sobre a fonte inspiradora do projeto idealizado pelo Ronaldo?

Assim como nos inspiramos no texto remetido pela amiga esperantista para criar esta história, suspeitamos que o Ronaldo tenha se inspirado no Projeto Sementeira Esperanto ( www.npoint.com.br/sementeira/esboco.html) para criar o seu próprio projeto. Quem sabe se alguns dos nossos leitores não se sentirão também interessados na formulação de outras propostas? Eis aí um bom tema para ser explorado por voluntários que simpatizam com campanhas do gênero "Amigos da Escola ". Mas, se por acaso, a maior curiosidade ficou girando em torno da real possibilidade do aprendizado do esperanto em prazo relativamente curto, então , o endereço a ser indicado é www.kurso.com.br , obra de um outro criativo idealista. Trata-se de um trabalho genial, que merece ser analisado!

2 comentários:

Marli disse...

Marinho!

Muito legal esse post.Soluções criativas podem beneficiar a muitos, em vez de satisfazer a vontade apenas de um . Abração!

Galera do Marulo disse...

Grande Marli!
Sinto-me extremamente honrado com a sua visita ao Esperanto Fora da Toca.
Estou aprendendo muito, com os "macetes" que você divulga (veja, por exemplo o que já coloquei na coluna da direita).Só não encontrei ainda um tutorial onde você poderia nos ensinar como consegue ser tão produtiva, cooperadora e amável ao mesmo tempo.
Abração do
Fernando Marinho