Aviso aos navegantes deste blog

Prezados amigos, estive internado em hospital,em caráter de emergência,entre 04 de julho e 26 de julho de 2010.Durante esse período,fiquei impossibilitado de atualizar este tão querido blog. Além do mais,ao regressar à minha residência constatei que o meu PC também não estava funcionando a contento.Somente depois de sanados todos os problemas do computador, poderei ler as inúmeras mensagens recebidas e respondê-las.Meu estado de saúde melhora a todo momento, mas permaneço sendo submetido a hemodiálise , às 3as, 5as e sábados, por períodos de 4 horas.Procurarei mantê-los informados. Ótimas Notícias: 1.Depois de longo período inativo, nosso computador já está recuperado!!! 2.Apesar desse longo período de inatividade, o blog www.esperantoforadatoca.blogspot.com foi incluído no rol dos concorrentes que estão participando do concurso TopBlog2010,na categoria COMUNICAÇÃO( pessoal). Detalhe: na lista, em ordem alfabética, dos selecionados,procurar dentre os que começam com as letras "www". Prazo para votação :O período de votação do SEGUNDO TURNO pelo Júri Popular (Internauta) e avaliação pelo Júri Acadêmico é do dia 10/10/2010, às 02:00am até 10/11/2010, às 11:55pm horário de Brasília. Abraços do amigo de sempre Fernando J G Marinho

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

UM POUCO DE HISTÓRIA SOBRE A DIVULGAÇÃO DO ESPERANTO


Em novembro de 1938, satisfazendo o desejo de Ismael Gomes Braga, saudoso
esperantista brasileiro, Caetano Coutinho, prefaciou a obra ESPERANTO MODELO escrevendo NOTAS SOBRE O ESPERANTO NO BRASIL, ATÉ 1906.
Antes de narrar sobre o surgimento dos primeiros adeptos do esperanto em nossa terra, Caetano nos informa como surgiram os catálogos contendo nomes e endereços das primeiras pessoas que aprenderam o esperanto:
"Qual César, exclamando- Alea jacta est, o jovem médico Lazaro Ludoviko Zamenhof, não podendo abandonar a ideia da língua internacional que lhe entrara no corpo e no sangue, atravessou o Rubicão, quando em julho de 1887, publicou à custa própria, pois não encontrara editor, sua primeira brochura- Língua Internacional- Prefácio e manual completo, sob o pseudônimo de Dr.Esperanto. Nesse livro, o nº1 da série, escrito em russo, e nos nºs 2,3 ,4 e 5, logo após publicados, respectivamente, em polonês, francês, alemão e inglês, o Dr. Esperanto incluiu 4 folhas, tendo cada uma 4 promessas de
aprender a língua proposta na brochura, e cujos termos transcrevo por
curiosidade :

PROMESSA- Eu, abaixo assinado, prometo aprender a língua internacional proposta pelo Dr.Esperanto, desde que fique demonstrado que dez milhões de pessoas fizeram publicamente esta mesma promessa.

Assinatura :..............................................................
Nome:................................................................................................
Endereço:.........................................................................................

Estas 16 promessas,depois de preenchidas com o nome e o endereço do portador da brochura e de mais 15 pessoas escolhidas, deveriam ser enviadas ao autor do livro, em Varsóvia. Em 1889 distribuiu o Dr.Zamenhof o primeiro "Adresaro de la personoj, kiuj ellernis la lingvon Esperanto", trazendo esta série I o nome por ordem alfabética e endereço dos primeiros mil esperantistas.............................".

De 1887 até os dias atuais (setembro de 2009) muita coisa mudou! Algumas, para pior, outras , para melhor. O que a internet coloca à nossa disposição para divulgarmos o esperanto é algo que jamais poderíamos ter imaginado há 3 ou 4 décadas. Os recursos existem, resta explorá-los de forma cada vez mais eficiente.Um exemplo gritante é o surgimento do Twitter. Vale a pena conhecê-lo melhor!

Gostaríamos de contar não apenas com o apoio dos esperantistas , mas de todo
visitante deste blog que simpatizar com a ideia da divulgação do esperanto. O que você poderia fazer para torná-lo mais conhedido no meio educacional ? Em postagens pouco mais antigas, há dicas a respeito.

4 comentários:

Arthur Golgo Lucas disse...

Foi com o ESPERANTO MODELO que eu aprendi Esperanto. :-)

Galera do Marulo disse...

Grande Arthur!
Agora só falta explicar onde você aprendeu a ARGUMENTAÇÃO MODELO que costuma utilizar nos artigos que divulga no blog PENSAR NÃO DÓI.O artigo de ontem ,contendo explicações sobre o pré-sal está excelente. Gratulegon, kara samideano!

Memórias de Idomar Taufner disse...

Escrevi no meu blog um artigo sobre deficientes audiovisuais. Falei sobre coisas que todos nós deveríamos aprender já no ensino fundamental. Algumas das sugestões foram o aprenidzado da linguagem mímica, do braile, código de Mors e inclusive o esperanto, tudo para universalizar comunicações, tanto parta hoje quanto para o futuro, pois ningúem sabe, se continuará com perfeitas acuidades auditivas e visuais. Quanto ao Esperanto, este visa a comunicação universal entre todos os povos. Meus parabéns a todos que procuram reavivar essa linguagem!

Galera do Marulo disse...

Prof.Taufner, acabei de ler o artigo que o Sr publicou em 29 de julho deste ano,versando sobre deficiências audiovisuais.Em breve, retribuirei a sua gentileza, colocando um pequeno comentário sobre as suas propostas relacionadas ao aprendizado de determinadas linguagens.Enquanto isto, sugiro a leitura do artigo que escrevi para o Diário de Petrópolis, em 26.02.2000, intitulado "Tema transversal à vista".que pode ser lido em http://migre.me/89W5 .